palavras são ditas muitas vezes sem pensar.
sem nenhuma reflexão, são lançadas ao mar, no ar.
em mim. em você.
mas, ao contrário, me sinto numa tempestade de palavras não ditas.
numa chuva escura.
tento enxegar uma luz que parace fria.
me sufoco.
quase me afogo.
tento me encontrar neste emaranhado e não consigo.
me perdi de mim.
a falta das palavras fazem isso.
a falta do verbo.
a falta do existir.

Anúncios

Um comentário sobre “

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s