Videojornalismo de casamento

Eu, como jornalista, achei interessantíssima esta ideia de “videojornalismo de casamento”. A ideia é boa porque sai da mesmice dos roteiros tradicionais e da forma de filmar o casamento. Pensando numa narrativa com este princípio, o cinegrafista filma a emoção e a história por trás dos olhares, e até mesmo das lágrimas. O intuito é transformar aquele momento num documento histórico – para os noivos, para a família – assim como deve ser o jornalismo.

Conheci este termo através do trabalho do Pepê Figueroa. Os vídeos, a forma de gravar, é tudo feito com muito cuidado.

Enfim, depois de assistir a vários vídeos do Pepê, comecei a pesquisar outros profissionais que tivessem este mesmo intuito, de contar a história do casal através de imagens e depoimentos. Assim, eu encontrei o Edu Corrêa, que tem vasta experiência não apenas com vídeos de casamento. Mas, percebe-se que, ao assistir, mesmo com todo o zelo e primor da qualidade das imagens, em nenhum momento a emoção da cerimônia ou da festa é deixada de lado, pelo contrário, é ingrediente essencial e primordial. Talvez este seja um dos segredos.

Outra que me chamou a atenção pela qualidade do trabalho e inovação neste segmento foi a produtora de Vinicius Credidio, que também tem uma vasta experiência, inclusive fora do Brasil. Em seu site diz o seguinte “Hoje é possível afirmar que Vinicius Credidio é uma grife que revolucionou a idéia do ‘video-de-casamento’ e transformou o simples registro em documentários personalizados”, e é bem isso mesmo.

Para chegar a este patamar é preciso muito estudo, empenho e pesquisa. É preciso muito refinamento desde o manuseio do equipamento até a edição e entrega do vídeo. “O registro de vídeo vai muito além de apenas cenas em movimento. As imagens capturadas têm a força para contar uma história em quadros, através de luz, cores e sons. Talvez essa história será melhor compreendida daqui há 20 anos, quando o “video” de casamento será visto como “um filme” da memória  daquela família”, explica Vinicius em seu site.


Este, com toda certeza, será o futuro dos vídeos de casamento e é com muito estudo, e prática, que eu pretendo, aos poucos, ir conseguindo este refinamento.

Para saber mais sobre os profissionais citados no texto, é só clicar sobre seus nomes nos hiperlinks.

🙂