Filme X Livro: A Cabana

hqdefault

Há mais ou menos dois anos li o livro e gostei muito, achei a história de William P. Young muito forte. A ficção conta a história de Mackenzie, um homem casado e pai de três filhos que se vê envolto em uma tragédia, após o desaparecimento de sua filha mais nova.

Este é um tipo de leitura para pessoas que creem em Deus, ou que não vêem problema naqueles que acreditam. Porque é um livro que fala sobre isso: sobre ter fé, acreditar e perdoar. Mas, para além disso, na minha opinião, A Cabana fala mais do homem, e de seus medos e rancores, do que do próprio Deus.

O livro é interessante porque apresenta as figuras bíblicas de uma forma mais ‘humana’. Não sei bem como explicar isso, mas é quase um desenho do catecismo,  mesmo sem focar em religiões.

cabana li

Enfim, à época de sua leitura, o livro me fez muito bem e logo que o terminei fiquei aguardando sua adaptação cinematográfica, que chegou aos cinemas no último dia 7 de abril.

Na sexta-feira santa, dia propício para filmes com a temática que envolva Deus, acredito eu, meu marido e eu resolvemos ir ao cinema. E foi uma das melhores escolhas que fizemos para a sexta-feira da paixão.

O filme conseguiu extrair os principais acontecimentos de uma forma muito leve, mesmo sendo duro muitas vezes. Por isso que disse, e repito, é um livro/filme para quem tem fé e não tem problemas com isso. Mas não é um discurso tão chato ou até mesmo massivo como outros filmes ‘religiosos’ costumam pregar. Não é uma pregação, ao contrário disso, é um reflexão.

Uma reflexão sobre nossa vida e nossas ações. Uma reflexão sobre nossos julgamentos. Uma reflexão, muito dura as vezes, sobre o perdão. Perdoar os outros, e a si mesmo, talvez seja a parte mais difícil.

Geralmente, quando ocorre adaptação de livros para o cinema, os leitores mais assíduos gritam aos sete ventos como o livro é melhor e como os roteiristas e diretores pecaram em não conseguir extrair tudo que o livro oferecia.

Penso que, neste caso, aconteceu o oposto, e o melhor: foi extraído sim tudo o que de melhor o livro apresentou. Portanto, vale a pena a leitura e vale a pena assistir ao filme também.

***

Livro: A Cabana

Autor: William P. Young

Tradução: Fernando Dias Antunes

Editora: Arqueiro

Ano de lançamento: 2007

**

Filme: A Cabana (The Shack)

Diretor: Stuart Hazeldine

Ano de lançamento: 2017

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s