Dia 18

monstro-na-loucuras-intrepidas

(ilustração: John Kenn)

Então, vez ou outra me dá uma sensação profunda de que estou me esquecendo de algo. Não algo físico, como um objeto, mas algo que faz parte de mim. Não sei bem como explicar, mas sinto que estou a cada dia mais vazia, por parte deste inócuo sentimento.

No fundo é só sensação mesmo, porque nos dias que se passam não sinto que algo tenha mudado em minha vida. A rotina de trabalhos continua a mesma. A de procrastinação descanso tem se alternado. Eu sinto que não tenho mais a mesma concentração que tinha antes para assistir a filmes e séries. Estou inquieta, perco fácil o fio da meada e é isso que tem me incomodado. Nunca fui assim. Tenho medo de perder o interesse por coisas que antes eram o meu refúgio. Por isso tenho tentado me dedicar cada vez mais ao blog. Mesmo que quase ninguém o leia, de certa forma faço isso para mim, para tentar distrair os monstros que vivem dentro de minha cabeça.

Anúncios

4 comentários sobre “Dia 18

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s