Filme da semana: Laranja Mecânica

laranja-mecanica-filme_li

Um dos mais fascinantes filmes, na minha opinião, foi o primeiro que assisti de Kubrick.

Laranja Mecânica conta a história de Alex (Malcolm McDowell), um jovem que lidera uma gangue, conhecida como Droogs. Eles passam as noites no Korova Milkbar, tomando leite com sabe-se lá o que e praticando, nas ruas, o que chamam de ultraviolência.

Além de brigar com outras gangues, eles invadem casas e batem em pessoas comuns, e brigam, inclusive, entre si.

Numa dessas invasões, a gangue invade uma casa em que vivia um casal, no fim das contas, eles estupram e matam a esposa e deixam o homem paraplégico. Por causa disso, Alex é preso e, na prisão, resolve participar de um programa experimental para que seja “curado” da violência que vive dentro dele.

A partir daí, Alex é forçado a assistir várias cenas de violência ouvindo a música de Ludwig van, como ele mesmo chamava Beethoven, um de seus compositores preferidos. Dessa forma, toda vez que ele ouvia a nona sinfonia ou tentava praticar um ato de violência, sentia tonturas e dores terríveis, o que não o deixava praticar mais violência.

Ao sair da prisão, após a “cura”, Alex encontra um mundo diferente. Ele, agora, será vítima dos que antes sofreram em suas mãos. Será?

O interessante é pensar em como este filme e a violência gratuita e explícita apresentada nele tem uma legião de fãs e, ainda hoje, gera tanto debate.

Só assista!

***

Filme: Laranja Mecânica (A clockwork orange)

Diretor: Stanley Kubrick

Ano de lançamento: 1971

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s