Livro do mês: Extraordinário

extraordinário

O adjetivo que dá nome ao livro já seria suficiente para descrevê-lo.

Extraordinário, o primeiro livro da escritora R.J Palacio é sim extraordinário e nos mostra como uma vida pode afetar a vida de tantas outras, de maneiras diferentes.

August, ou Auggie, está prestes a começar a frequentar a escola pela primeira vez. Seria normal se ele não tivesse dez anos de idade. A demora em colocá-lo na escola foi por conta de uma deformidade que o menino tem no rosto. Assim que nascera, os pais perceberam que Auggie seria diferente das outras crianças e, por isso, preferiram protegê-lo, ao ensiná-lo em casa as disciplinas que a maioria aprende na escola.

Mas, o momento em que o livro se inicia é justamente este, de dar esta notícia, e August, cansado de perceber o que causava nas pessoas, não quis. Estava com medo.

Mas a família consegue convencê-lo e, mesmo com medo e receio, ele vai.

Começa aí, então, uma jornada em que August terá de enfrentar não apenas os seus medos e inseguranças, mas os dos outros também.

A forma de narrativa deste livro é deliciosa, por isso a leitura flui muito bem. Os capítulos são curtos e as histórias são contadas por diferentes pontos de vista. Além de August, também narram a história Via, sua irmã; Summer, sua primeira amiga; Jack, também um de seus primeiros amigos na escola; Justin, o namorado de Via; e Miranda, uma amiga da família, que vê no August um irmão.

É um livro emocionante, que mostra como as crianças podem ser más, mas as vezes até mesmo sem saber ou por sofrerem influência direta de seus pais.

É um livro lotado de referências à cultura pop, com trechos de músicas, falas de filmes, fantasias.

August consegue impor sua presença do seu jeito e aos poucos vai conquistando o respeito e o apoio dos estudantes da escola, principalmente após um acontecimento que muda definitivamente a relação dele com as demais crianças da escola.

É uma linda jornada. E August me fez pensar inúmeras vezes como somos maldosos enquanto estamos em grupo, mesmo não querendo. É o grande problema da “aceitação social”.

Este é o tipo de livro que precisa ser lido por todos os membros de uma família. Deveria ser lido nas escolas, os pais deveriam lê-lo aos filhos à noite.

Trata-se, no fim das contas, da gentileza que nos falta tantas vezes. O estar no lugar do outro. A empatia.

A gentileza também precisa ser ensinada e, acredito, a lição é aprendida por todos que passaram neste primeiro ano com August. Inclusive nós, meros leitores.

O livro ganhou adaptação cinematográfica e será lançado em novembro deste ano. O filme foi escrito e dirigido por Stephen Chbosky (que também dirigiu As vantagens de ser invisível ) e tem em seu elenco Julia RobertsOwen WilsonJacob TremblaySonia Braga.

Wonder é o título original deste best-seller, que não é apenas maravilhoso, é extraordinário.

E, para finalizar esta indicação, vos escrevo o melhor preceito que poderia ter após o encerramento desta leitura: Sejamos melhores aos outros. Isso nos fará bem!

Boa leitura!

extraordinário 2

***

Livro: Extraordinário (Wonder)

Autora: R.J. Palacio

Tradutora: Rachel Agavino

Editora: Intrínseca (1ª ed./2012 | Brasil: 2013)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s