Filme da semana: O escafandro e a borboleta

o escafandro e a borboleta.jpg 2

Baseado numa história real, tratada primeiramente no livro homônimo, O escafandro e a borboleta narra em que se transformou a vida de Jean-Dominique Bauby, editor da revista Elle francesa, que aos 43 anos sofreu um derrame.

A doença o deixa paralisado – ele só conseguia mexer o olho esquerdo –, o que, para o tipo de vida sempre muito agitada de Bauby (Mathieu Amalric), é quase a morte.

A esperança chega quando uma das cuidadoras (não me lembro se era enfermeira ou outro profissional) propõe um modo de comunicação. Ela cita as letras do alfabeto e, se é a que ele deseja, ele pisca. Dessa forma ele conseguiria formar palavras, frases e um livro. Neste caso o que inspirou o filme.

O escafandro e a borboleta é tocante e triste. E é narrado por meio dos flashbacks e memórias de Bauby.

***

Filme: O escafandro e a borboleta (Le Scaphandre et le Papillon)

Direção: Julian Schnabel

Ano de lançamento: 2008

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s