Música do dia #334

334 de 365 – Ain’t no way

Eu estou adorando a seleção que eu fiz para o blog nesta semana. Esta música é inspiradora. Um clássico.

Artista: Aretha Franklin

Álbum: Lady Soul (1968)

Anúncios

Dia 48

Eu tenho falado muito do tempo, mas é preciso falar mesmo.

A impressão que tenho é de que a cada dia o tempo passa mais rápido.

E o pior é que nós nem percebemos.

Enfim.

Acho que precisamos, as vezes, parar um pouco, respirar fundo e olhar ao redor.

Observar o que temos, o que conquistamos, o que de bom a vida nos oferece.

Vira e mexe eu entro num turbilhão negro de pensamentos extremamente negativos e isso tem me preocupado porque, na maioria do tempo, eu não consigo controlar.

Um acontecimento minúsculo me tira do eixo e leva a inúmeros outros pensamentos que se passam exclusivamente dentro da minha cabeça e me aflige, me deixa fraca.

Tenho tentado controlar mais. Respirar fundo. Desenhar. Colorir. Brincar com meu cachorro. Ouvir música. Assistir filmes, séries. Tomar chá. Rir com meu marido.

O sorriso muitas vezes pode ser o único remédio que salva um dia ruim.

Então, estou tentando me voltar para o que me faz sorrir.

Porque, se for procurar motivos pra chorar eu fico em casa. Ou melhor, nem saio da cama.

E perder o tempo, que já não é muito, dormindo, talvez não seja a melhor opção.

Música do dia #329

329 de 365 – Reflecting Light

Hoje, um ano do revival pelo qual eu esperei ansiosamente em  2016: Gilmore Girls – um ano para recordar. E como foi lindo rever as garotas, Stars Hollow e toda sua população lotada de esquisitices que eu amo. É por isso que a música de hoje é trilha do último episódio, Fall, e foi apresentada em um dos momentos mais aguardados da série inteira e, claro, um dos mais emocionantes do revival.

Artista: Sam Philips

Álbum: A Boot and a Shoe (2004)

Filme da semana: Pegando fogo

pegando-fogo.jpg

Pegando fogo conta a história do chefe americano Adam Jones (Bradley Cooper), que no passado conquistara duas estrelas do Guia Michelan trabalhando em restaurantes em Londres e Paris. Após alguns problemas com drogas, ele retorna aos Estados Unidos onde permanece até conseguir se recuperar completamente e volta à Londres para chefiar uma nova cozinha e tentar conquistar a terceira estrela.

É um filme bem interessante, eu gosto muito dos filmes em que Cooper esta presente e o elenco desta produção conta muito.

Adam Jones é um chefe que beira a loucura. Ele consegue escolher a dedo sua equipe, mas está tão ensimesmado e focado na terceira estrela, que não consegue criar uma boa relação com seus ajudantes. Quado ele está perto de conquistar a estrela, uma pessoa que sofreu com suas crises do passado vinga-se do chefe, o que pode colocar um fim em toda sua estratégia.

É um filme bom, sobretudo pra quem gosta de cozinhar. Eu sinceramente não consigo ter uma relação tão romântica e artística com a comida. Pra mim comida serve para me nutrir. Não consigo gastar muito dinheiro em pratos com porções mínimas, assinadas por chefes renomados, só porque ele provavelmente faz parte do guia supracitado.

É isso. O filme é uma boa distração.

Ainda fazem parte do elenco Sienna MillerUma ThurmanAlicia VikanderEmma ThompsonDaniel BrühlOmar Sy.

***

Filme: Pegando fogo (Burnt)

Direção: John Wells

Ano de lançamento: 2015