Dia 48

Eu tenho falado muito do tempo, mas é preciso falar mesmo.

A impressão que tenho é de que a cada dia o tempo passa mais rápido.

E o pior é que nós nem percebemos.

Enfim.

Acho que precisamos, as vezes, parar um pouco, respirar fundo e olhar ao redor.

Observar o que temos, o que conquistamos, o que de bom a vida nos oferece.

Vira e mexe eu entro num turbilhão negro de pensamentos extremamente negativos e isso tem me preocupado porque, na maioria do tempo, eu não consigo controlar.

Um acontecimento minúsculo me tira do eixo e leva a inúmeros outros pensamentos que se passam exclusivamente dentro da minha cabeça e me aflige, me deixa fraca.

Tenho tentado controlar mais. Respirar fundo. Desenhar. Colorir. Brincar com meu cachorro. Ouvir música. Assistir filmes, séries. Tomar chá. Rir com meu marido.

O sorriso muitas vezes pode ser o único remédio que salva um dia ruim.

Então, estou tentando me voltar para o que me faz sorrir.

Porque, se for procurar motivos pra chorar eu fico em casa. Ou melhor, nem saio da cama.

E perder o tempo, que já não é muito, dormindo, talvez não seja a melhor opção.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s