Música do dia #350

350 de 365 – Lakehouse

Of monsters and men é o tipo de banda que vicia pela qualidade musical, pela qualidade dos lirics videos e eu amo. AMO muito tudo o que eles produzem.

Artista: Of Monsters And Men

Álbum: My head in an animal (2012)

Anúncios

Filme da semana: Procura-se um amigo para o fim do mundo

procura-se-um-amigo-li

O que você faria se o mundo fosse acabar daqui há três semanas?

Difícil, né? Mas esta é a história deste filme, com Steve Carell e Keira Knightley.

Trata-se de amar e dizer que ama. Trata-se de viver e conhecer o que se tem vontade. Trata-se de ouvir boas músicas e ser livre. Ser livre.

O que é viver, afinal de contas?

Dizem que quando se está à beira da morte estas questões sempre aparecem.

Enfim, é um filme que fala de amor, amizade, respeito, escolhas e é bem interessante assisti-lo nesta época do ano, quando as esperanças das maioria do mundo são renovadas. A falsa impressão de reinício deixa a maioria das pessoas mais amáveis.

Ao menos uma coisa boa.

Assista este filme com um saco de pipocas em uma mão e um lenço na outra. E despretensiosamente. A trilha sonora também é muito boa.

Aproveite a jornada.

***

Filme: Procura-se um amigo para o fim do mundo (Seeking a Friend for the End of the World)

Direção: Lorene Scafaria

Ano de lançamento: 2012

Dia 50

cinquenta dias se passaram e a impressão que tenho é a de que não saí do lugar

não me movi um único centímetro

fico atônita, catatônica, olhando para o teto cinza ou para folhas em branco

seria eu uma fraude?

cada passo que dou diz respeito às verdades ou são apenas insanidades exteriorizadas

extorquidas do céu

daqueles que acreditam que a vida não é esta

onde ela seria, então?

 

Livro do mês: A coragem do primeiro pássaro

a-coragem-do-primeiro-passaro-loucuras-intrepidas-2

O livro deste mês, o último do ano, é um livro de poesia. E é um livro ao mesmo tempo intenso e leve, mas com desabafos sufocantes. Difícil entender, né? Mas saí com esta sensação ao fim da leitura, que foi muito rápida.

O livro, que possui pouco mais de 50 páginas, flui ao mesmo tempo que nos paralisa diante do fim. Talvez por isso o tenha escolhido para encerrar estes primeiros doze meses de livros aqui no blog. Digo primeiros doze, porque foi neste ano que criei a categoria livro do mês e consegui cumprir bem. Você concorda?

Deixe-me voltar ao livro.

Trata-se de um livro sobre o fim de um relacionamento. Cada palavra, cada verso nos remete ao íntimo do sentimento que acaba. Da relação que se deteriora, da raiva que toma conta e, no fim das contas, da vida que precisa seguir.

a-coragem-do-primeiro-passaro-loucuras-intrepidas-3

A coragem do primeiro pássaro fala de recomeço. Sim, após o fim tem sempre uma nova vida, né? Depois das aflições as esperanças se renovam, ou ao menos aquietam o coração tantas vezes machucado.

André Dahmer, que também é desenhista, consegue fazer lindos traços com suas palavras escolhidas minuciosamente, nos fazendo pensar sobre compartilhamento e perda.

Mas, é um livro de poesia, né? As interpretações podem ser várias, mesmo com palavras tão certas.

a-coragem-do-primeiro-passaro-loucuras-intrepidas

Até o primeiro livro de 2018!! 🙂

***

Livro: A coragem do primeiro pássaro

Autor: André Dahmer

Editora: Lote 42 (1ªed. 2015)

 

Música do dia #345

345 de 365 – Bad Romance

Assisti ao documentário Five Foot Two e, a princípio, não gostei muito. Mas, de toda forma, consegui retomar e o vi inteiro. No fim das contas, a conclusão que tirei foi de que Lady Gaga é uma personagem à beira da loucura. Sim. E isso é muito triste. Mas, um trecho específico do doc chamou muito a minha atenção. Foi esta versão de Bad Romance:

Artista: Lady Gaga

Álbum: The Fame Monster (2009)

Música do dia #344

344 de 365 – Mercy

O Rock n’ Rio 2017 me trouxe inúmeras boas surpresas e lindos reencontros. Entre os artistas que eu desconhecia, estava Shawn Mendes. Foi uma grata surpresa. O artista apresentou um show ok, sem pirotecnia e com uma seleção de músicas que não me empolgaram, mas que ao mesmo tempo foram tranquilas de ouvir. Não me fizeram mal. 🙂

Artista: Shawn Mendes

Álbum: Illuminate (2016)