Dia 57

vivere vehe et intrepidus

Dia desses resolvi visitar meu blog lá no blogspot, lugar onde ele vivia antigamente, e encontrei esta frase, onde ela ficava em destaque.

viver com paixão e sem medo

ou

viver com paixão e coragem

Se não trouxesse consequências, talvez fosse um lema interessante para se levar pra vida. Tipo carpe diem.

Se bem que carpe diem é melhor e mais fácil.

Se uníssemos os dois: viver o momento sem medo e com paixão.

Meio que sintetiza bem a primeira frase.

Queria ser intrépida o suficiente para viver o momento intensamente, sem medo e devaneios, sem pensar no inexistente amanhã.

Viver com paixão e sobriedade o suficiente para realizar os sonhos e alcançar os objetivos que hoje habitam o campo das ideias.

Ideias.

vivere vehe et intrepidus

Anúncios

Música do dia #396

#396 • All I Wanna Do •

Sheryl Crow também fez muito sucesso, principalmente na década de 1990. Embalou uma geração com suas baladas e músicas pegajosas. 

Ouça mais músicas internacionais dos 1990.

• Artista • Sheryl Crow

• Álbum • Tuesday Night Music Club (1993)

Release | Banda Autoramas fará turnê pela Europa

autoramas-li
Foto: Divulgação
Texto: Hearts Bleed Blue/Assessoria

O Autoramas é um dos grupos brasileiros que mais faz turnês internacionais e no vigésimo ano de carreira deles não seria diferente. A banda embarca no próximo mês para mais uma turnê europeia, que dessa vez passará pela Alemanha, França, Itália, Áustria e Suíça.

A banda, atualmente composta por Gabriel Thomaz, Erika Martins, Jairo Fajer e Fábio Lima, se apresenta em 14 cidades. Segundo o vocalista Gabriel, o Autoramas é sempre super bem recebido na Europa e as turnês são prazerosas. “É muito trabalhoso e cansativo, mas extremamente divertido”, conta.

Em 2016 o Autoramas lançou, pela Hearts Bleed Blue (HBB), o álbum “O Futuro dos Autoramas” em CD, LP e K7. Neste ano, a banda se prepara para o lançamento de um novo disco e Gabriel revela que algumas músicas, ainda inéditas, já estarão no repertório desta turnê. “Voltaremos com as músicas tinindo”, diz.

Confira todas as datas da turnê: tour-autoramas

Grammy 2018 • Conheça os vencedores da noite

grammy-60th-loucuras

Na noite de ontem, dia 28/1, aconteceu o Grammy 2018, o maior e mais esperado prêmio da música, que é realizado pela Recording Academy. A apresentação da cerimônia ficou por conta de James Corden.

Ao longo da noite, várias performances aconteceram no Madison Square Garden, em New York, como Kendrick Lamar, Lady Gaga, Bruno Mars, SZA, Childish Gambino, Luis Fonsi, Alessia Cara, entre outros.

Bruno Mars foi o grande vencedor da noite e levou pra casa seis prêmios, incluindo os principais: Melhor Álbum, Melhor Gravação e Melhor Canção do ano.

Kendrick Lamar, que fez uma excelente apresentação no início do evento, também se destacou, levando quatro prêmios por DAMN., incluindo Melhor Álbum de Rap, Melhor Canção de Rap e Melhor Performance de Rap.

Jay-Z, que era apontado como um dos favoritos (e foi o mais indicado) não recebeu nenhuma estatueta.

(Foto: Carlo Allegri/Reuters)
brunomarsli
Bruno Mars ostentando todos os prêmios recebidos por ele no Grammy 2018

 

Veja abaixo, em destaque, quais foram os vencedores dos principais prêmios da noite:

Álbum do Ano

Childish Gambino – “Awaken, My Love!”
JAY-Z – 4:44
Kendrick Lamar – DAMN.
Lorde – tallodrama
Bruno Mars – 24K Magic

Gravação do Ano

 Childish Gambino – Redbone

Luis Fonsi & Daddy Yankee – Despacito [ft. Justin Bieber]
JAY-Z – The Story of O.J.
Kendrick Lamar – HUMBLE.
Bruno Mars – 24K Magic

Canção do Ano

Luis Fonsi & Daddy Yankee – Despacito [ft. Justin Bieber]
JAY-Z – 4:44
Julia Michaels – Issues
Logic – 1-800-273-8255 [ft. Alessia Cara e Khalid]
Bruno Mars – That’s What I Like

Artista Revelação

Alessia Cara
Khalid
Lil Uzi Vert
Julia Michaels
SZA

Melhor Performance Pop Solo

Kelly Clarkson – Love So Soft
Kesha – Praying
Lady Gaga – Million Reasons
Pink – What About Us
Ed Sheeran – Shape of You

Melhor Performance Pop de um Duo ou Grupo

The Chainsmokers & Coldplay – Something Just Like This
Luis Fonsi & Daddy Yankee – Despacito [ft. Justin Bieber]
Imagine Dragons – Thunder
Portugal. The Man – Feel It Still
Zedd & Alessia Cara – Stay

Melhor Álbum Pop Vocal

Coldplay – Kaleidoscope EP
Lana Del Rey – Lust for Life
Imagine Dragons – Evolve
Kesha – Rainbow
Lady Gaga – Joanne
Ed Sheeran – ÷ (Divide)

Melhor Álbum de Pop Tradicional

Michael Bublé – Nobody But Me (Deluxe Version)
Bob Dylan – Triplicate
Seth MacFarlane – In Full Swing
Sarah McLachlan – Wonderland
Various Artists – Tony Bennett Celebrates 90

Melhor Performance de Rap

Big Sean – Bounce Back
Cardi B – Bodak Yellow
JAY-Z – 4:44
Kendrick Lamar – HUMBLE.
Migos – Bad and Boujee

Melhor Colaboração Rap/Canto

6LACK – PRBLMS
GoldLink – Crew [ft. Brent Faiyaz e Shy Glizzy]
JAY-Z – Family Feud [ft. Beyoncé]
Kendrick Lamar – LOYALTY. [ft. Rihanna] – VENCEDOR
SZA – Love Galore [ft. Travis Scott]

Melhor Canção de Rap

Cardi B – Bodak Yellow
Danger Mouse – Chase Me [ft. Run the Jewels e Big Boi]
Kendrick Lamar – HUMBLE.
Rapsody – Sassy
JAY-Z – The Story of O.J.

Melhor Álbum de Rap

Kendrick Lamar – DAMN.
JAY-Z – 4:44
Migos – Culture
Rapsody – Laila’s Wisdom
Tyler, the Creator – Flower Boy

Melhor Performance de Rock

Leonard Cohen – You Want It Darker
Chris Cornell – The Promise
Foo Fighters – Run
Kaleo – No Good
Nothing More – Go to War

Melhor Performance de Metal

August Burns Red – Invisible Enemy
Body Count – Black Hoodie
Mastodon – Sultan’s Curse
Meshuggah – Clockworks
Code Orange – Forever

Melhor Canção de Rock

Metallica – Atlas, Rise!
K. Flay – Blood in the Cut
Nothing More – Go to War
Foo Fighters – Run
Avenged Sevenfold – The Stage

Melhor Álbum de Rock

Mastodon – Emperor of Sand
Metallica – Hardwired… to Self-Destruct
Nothing More – The Stories We Tell Ourselves
Queens of the Stone Age – Villains
The War on Drugs – A Deeper Understanding

Melhor Álbum de Música Alternativa

Arcade Fire – Everything Now
Gorillaz – Humanz
LCD Soundsystem – American Dream
Father John Misty – Pure Comedy
The National – Sleep Well Beast

Melhor Performance de R&B

Daniel Caesar – Get You [ft. Kali Uchis]
Kehlani – Distraction
Ledisi – High
Bruno Mars – That’s What I Like
SZA – The Weekend

Melhor Performance de R&B Tradicional

The Baylor Project – Laugh and Move On
Childish Gambino – Redbone
Anthony Hamilton – What I’m Feelin’ [ft. The HamilTones]
Ledisi – All the Way
Mali Music – Still

Melhor Canção de R&B

PJ Morton – First Began
Khalid – Location
Childish Gambino – Redbone
SZA – Supermodel
Bruno Mars – That’s What I Like

Melhor Álbum de Música Urbana Contemporânea

6LACK – Free 6LACK
Childish Gambino – “Awaken, My Love!”
Khalid – American Teen
SZA – Ctrl
The Weeknd – Starboy

Melhor Álbum de R&B

Daniel Caesar – Freudian
Ledisi – Let Love Rule
Bruno Mars – 24K Magic
PJ Morton – Gumbo
Musiq Soulchild – Feel the Real

Melhor Gravação de Dance

Bonobo – Bambro Koyo Ganda
Camelphat & Elderbrook – Cola
Gorillaz – Andromeda [ft. DRAM]
LCD Soundsystem – Tonite
Odesza – Line of Sight [ft. WYNNE e Mansionair]

Melhor Álbum de Dance/Eletrônica

Bonobo – Migration
Kraftwerk – 3-D the Catalogue
Mura Masa – Mura Masa
Odesza – A Moment Apart
Sylvan Esso – What Now

Melhor Videoclipe

1-800-273-8255 – Logic, Khalid e Alessia Cara

HUMBLE.  – Kendrick Lamar

The Storie Of O.J – Jay Z.

Makeba – Jain, Yodelice e Lionel Hirlé

Up All Night – Beck Hansen, Canada e Oscar Romagosa

Veja a lista completa no site oficial do prêmio.

Filme da Semana: Como eu era antes de você

ME BEFORE YOU

Como eu era antes de você é um filme, baseado no livro de mesmo nome, escrito por Jojo Moyes, que também escreveu o roteiro do filme. Nele, é contada a história do milionário William Traynor (Sam Claflin), um executivo que sofre um acidente e fica paraplégico. Como sua cuidadora, é contratada a jovem Louisa Clark (Emilia Clarke), que precisa enfrentar inúmeros desafios, incluindo o mau humor de Will.

Aos poucos, ela vai conseguindo quebrar as barreiras e consegue conquistar não apenas a confiança, mas também o coração de Will, e os dois iniciam um relacionamento.

Ai o amor! HAHAHA.

Mas, no decorrer do trabalho, Louisa descobre os planos de Will e qual foi o real motivo de sua contratação. Não vou contar aqui, porque vale a pena assistir e chorar muito, ao som de Ed Sheeran.

Confesso que a princípio não gostei muito do filme, não cheguei a ler o livro, mas vi e li algumas críticas que se dividiam. Depois da terceira vez, consegui me emocionar, aí agora não tem jeito.

Trata-se da escolha de uma pessoa que depende das outras para tudo. Trata-se de de dar uma nova perspectiva para coisas antes pequenas. Trata-se da vida e vivê-la plenamente.

• Filme • Como eu era antes de você (Me before you)

• Direção • Thea Sharrock

• Ano de Lançamento • 2016