Será que eu sou uma pessoa errada?

Pergunto isso porque sinto dificuldade em fazer algumas coisas que para a maioria das pessoas parece ser muito simples e fácil.

Sabe encontro de domingo, almoçar com a mãe, com a sogra?

Não sou essa pessoa, não consigo ser essa pessoa.

Eu sou a pessoa que faz bife e batata frita no domingo, e não frango com macarronada e maionese.

O máximo, dessas visitas rotineiras – de domingo –, é ir na casa da mãe à tarde, para o café.

Essas obrigações sociais não me agradam. Eu tenho certa dificuldade com elas, pra falar a verdade.

Cada vez mais me sinto fechada numa bolha. Essa bolha é a minha cabeça. A impressão que eu tenho é de que estou perdendo o tato em lidar com as pessoas. O tato do convívio social.

Mas se for necessário, respiro fundo e vou. E sorrio. E abraço.

E depois, mais tarde, eu choro. Porque tem sido difícil. Bem difícil.

Eu devo, sim, estar muito errada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s