Como Nossos Pais (9)

Eu, hoje, não consigo escrever muita coisa. Queria eu ter a maestria que ela tem em transformar algo simples, como uma legenda de Instagram, em algo bonito, poético. Ela sabe usar tão bem as palavras que me emociona, sempre. Já escrevi sobre seus livros – Trinta e oito e meio e Tudo o que eu sempre quis dizer mais só consegui escrevendo –, e sobre o melhor filme de 2017 – Como nossos pais –, e, por consequência, também sobre ela. Hoje ela faz 43.

Parabéns, Maria!

8

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s