Não mais contarei dias. Percebi que contar o tempo não adianta. “O tempo escorre pelas mãos”, como já dizia Lulu, e olhar para ele escorrendo ou reclamar sua perda não é a melhor das atitudes.

Conta mais a forma como eu aproveito o meu. Tenho tentado muito não mais contar o tempo, as horas e os dias, mas focar naquilo que vivo em cada inspiração ou expiração, a cada piscar de olhos, a cada novo abraço, a cada nova lágrima, a cada novo amigo.

A cada nova palavra, escrita ou falada. Tenho tentado me abrir mais e falar. E é bem difícil! Por isso voltei a escrever, porque ao menos aqui consigo organizar e deletar. A palavra dita não some. E quantas palavras já ouvi e que gostaria muito de esquecer?

Preciso aprender muita coisa, ao mesmo tempo que acho que perdi tempo não aprendendo. A impressão que tenho é de que todas as pessoas ao meu redor são mais resolvidas, desprovidas de medo e que aos trinta já estarão com tudo encaminhado, como eu também pensava quando tentava me imaginar na idade em que hoje me encontro.

É bem difícil não saber se acertou ou errou. Vi um vídeo hoje que me deixou pensativa sobre a morte. Eu não tenho medo da morte, mas esse é um tema que fugimos, até que ela chega. E vai chegar, quer você queira ou não. E o tempo tem tudo a ver com isso.

Nós somos seres finitos. Ou, ao menos nosso corpo é.

A médica do vídeo fala que a morte é como o parto. As respirações ora ofegantes, ora fortes e, de repente, tudo cessa. A morte chega e alma nasce. Olha que lindo: “A morte é o parto da alma”.

É muito importante pensar neste dia, mas, para além dele, é importante vivermos nossa verdade a cada dia, sem sofrimento, ou sem abrir mão do que queremos de fato, sem precisar fazer o que os outros querem que a gente faça.

Se é difícil? Claro que é. Ainda mais depois que tanta coisa já aconteceu e todas essas coisas tinham certo sentido (ou ainda tem).

Confuso.

Ainda bem que hoje tem terapia.

(quinta-feira, dezessete de janeiro de dois mil e dezenove)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s